Publicado por: otaodabiologia | 29/06/2009

Os gases do efeito estufa

Desde 1824 tem-se conhecimento do efeito estufa. Tal fenômeno foi inicialmente proposto por Fourier, um matemático e físico francês, que postulou tal teoria ao perceber que o aquecimento do ar dentro de estufas de vidro, as quais eram utilizadas para manter plantas de clima mais quente em regiões mais frias, era semelhante à atmosfera terrestre.

O efeito estufa é um fenômeno natural. Como consequência, a temperatura média da superfície terrestre (se é que podemos acreditar em temperatura média) é 33⁰C maior do que seria sem tal fenômeno.

Com o “efeito estufa” em moda hoje, ouvimos falar diariamente sobre os gases que provocam tal efeito. Se você fosse questionado sobre qual é o principal gás responsável pelo efeito estufa, certamente a resposta seria o CO2, correto? Mas você sabia que essa informação é incorreta? Que o CO2 não é o principal gás estufa? Então vamos lá…

O principal gás responsável pelo efeito estufa é o vapor d’água. Isso mesmo, a água em forma de gás. Ela responde por 63% do efeito estufa natural (100 W/m² de 160 W/m²)(Keller, 1999). Entretanto, a sua concentração é extremamente variável tanto no espaço quanto no tempo. Exemplo disso é o fato de que na Amazônia existe 5 vezes mais vapor d’água do que no deserto do Saara. Dentro da própria Amazônia, a sua concentração na atmosfera varia aproximadamente 30% entre a estação seca e chuvosa. Por outro lado, em regiões polares e em regiões tropicais, esta última com mais de 4.000 m de altitude, a concentração de vapor d’água é muito reduzida e pouco se verifica a presença do efeito estufa (Molion).

Molion ainda afirma que o CO2 é o segundo gás mais importante para o efeito estufa, tendo uma concentração atmosférica 100 vezes inferior ao do vapor d’água. Em terceiro lugar está o metano (CH4), o qual apresenta uma concentração muito pequena (1,7 ppmv), mas que até 1998 vinha apresentado um significativo aumento (1% ao ano), o que era atribuído às atividades antrópicas, como a agropecuária. Entretanto, a partir de 1998, a sua taxa de crescimento começou a diminuir inexplicavelmente, mesmo com o avanço das atividades antrópicas.

Como qualquer um duvidaria da real competência dos autores acima citados, pois de uma forma geral eles poderiam ter sido forjados para dar credibilidade a este artigo, transcrevo um resumo do curriculum do Dr. Molion:

Possui graduação em Física pela Universidade de São Paulo (1969), PhD em Meteorologia, University of Wisconsin, Madison (1975), pós-doutorado em Hidrologia de Florestas, Institute of Hydrology, Wallingford, UK (1982) e é fellow do Wissenschftskolleg zu Berlin, Alemanha (1990). É Pesquisador Senior aposentado do INPE/MCT e atualmente Professor Associado da Universidade Federal de Alagoas, professor visitante da Western Michigan University, professor de pós graduação da Universidade de Évora, Portugal. Tem experiência na área de Geociências, com ênfase em Dinamica de Clima, atuando principalmente em variabilidade e mudanças climáticas, Nordeste do Brasil e Amazonia, e nas áreas correlatas energias renováveis, desenvolvimento regional e dessalinização de água.É membro do Grupo Gestor da Comissão de Climatologia, Organização Meteorológica Mundial (MG/CCl/WMO).

Se desejar ver o curriculum completo, clique aqui.

______________________________________________________________

Referências bibliográficas

Keller, C. F. Comment: human contribution to climate change increasingly clear. EOS, v. 80 (33), p. -372, 1999.

Molion, L. C. B. Desmistificando o Aquecimento Global. Disponível em <http://www.alerta.inf.br/files/molion_desmist.pdf>

Anúncios

Responses

  1. […] 6, 2009 por otaodabiologia No artigo “Os gases o efeito estufa” discutimos um pouco sobre a composição química da atmosfera que está relacionada com o […]

  2. O sobrenome do professor é Molion, não Molin como está no texto.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: